Conheça o Salto da Fortuna, em Morretes (PR)

O Salto da Fortuna, em Morretes (PR), é uma linda queda d’água de 50 metros perto de Curitiba. Acessível por uma trilha de cerca de 3 km, é também a principal atração do Parque Estadual do Pau Oco. No entanto, é relativamente pouco conhecido quando comparado com outras cachoeiras famosas da região, como o Salto dos Macacos.

Eu e o Lilo Barros, responsáveis pelo conteúdo aqui do Eu me Aventuro, estivemos lá para conhecer a trilha e o salto. Você pode conferir como foi essa aventura no vídeo aí em cima, mas vamos dar umas dicas aqui também para quem quer fazer a trilha. Além disso, preparamos esse tracklog do Wikiloc para que você possa acompanhar o trajeto que fizemos. Ele foi gravado durante a volta, mas o caminho a seguir é o mesmo.

Quer conhecer outras cachoeiras perto de Curitiba? Então confira esse post 🙂

Homem em pé nas pedras em frente ao Salto da Fortuna

Como é a trilha para o Salto da Fortuna

A trilha para o Salto da Fortuna começa na base do IAP (Instituto Ambiental do Paraná) dentro do parque. Há um guarda-parque no local, portanto, se tiver qualquer dúvida na hora, aproveite para conversar com ele. Além disso, é preciso fazer um rápido cadastro antes de começar a trilha.

O trajeto começa subindo o caminho ao lado da base do IAP, para depois  entrar na mata. A trilha é bem demarcada e agradável, passando por riachos e pela linda vegetação da Mata Atlântica. Os pontos mais complicados são os dois momentos em que é preciso cruzar o rio. Aliás, se não fosse por esses trechos, ela seria muito tranquila para crianças.

Tome cuidado ao cruzar os rios, já que a correnteza pode ser forte (leia mais dicas e cuidados abaixo). Além disso, fique atento à trilha, pois depois da travessia é fácil se confundir. Assim que cruzar o primeiro rio, procure pela seta branca indicando o caminho. Logo em seguida, suba pelos “degraus” de pedra e raízes à direita. A trilha continua por ali. A última travessia de rio já é bem perto do salto, e há placas indicando o caminho a seguir.

Homem caminha por rio na trilha para o Salto da Fortuna

Dicas e cuidados

  • Travessia de rio - Na hora de cruzar os rios, fique atento e não atravesse caso a água ultrapasse a altura dos joelhos. Lembre-se que sempre há risco de tromba d'água, por isso não faça a trilha em dias de chuva. No verão, evite também fazer o trajeto durante a tarde, quando a chance de chover nas nascentes do rio é maior.

  • Poço perigoso - Evite nadar no poço do Salto da Fortuna. O poço é profundo e conta com uma correnteza muito forte, que engana os visitantes. Infelizmente, o salto já foi palco de algumas mortes por afogamento, por isso cuide da sua segurança.

  • Caminho errado pelo GPS - Aplicativos de GPS às vezes indicam, erroneamente, uma rota pela BR-277 que passa por uma estrada particular. Apesar de aparecer nos mapas, o acesso está fechado para carros por uma porteira com cadeado. O melhor trajeto, portanto, é acessando a Estrada do Anhaia por Morretes mesmo. Leia mais abaixo sobre como chegar.

  • Traga seu lixo de volta - Não há lixeiras ao longo da trilha, portanto traga de volta tudo que levar com você. NUNCA, JAMAIS deixe lixo na natureza.
Placas indicativas em frente ao Salto da Fortuna, em Morretes

Como chegar ao Salto da Fortuna (Parque Estadual do Pau Oco)

  • Endereço - O Parque Estadual do Pau Oco fica na Estrada do Anhaia, em Morretes. É possível estacionar o carro no "Sítio da Vanessa", um pouco antes da portaria do parque.
  • Atenção: Embora o parque esteja num ponto já bem perto da BR-277, não é possível acessá-lo pela BR. Os mapas inclusive mostram uma continuação da Estrada do Anhaia até a BR-277, mas esse trecho na verdade é uma estrada particular que está fechada para carros. Há uma porteira com cadeado bloqueando o acesso.
  • Melhor trajeto: O melhor caminho para chegar ao Parque Estadual do Pau Oco, portanto, é acessar a Estrada do Anhaia por Morretes. Então, basta percorrer cerca de 12 km até o parque. A estrada é de terra, mas está em boas condições e é acessível para todo tipo de veículo.
  • Como acessar a Estrada do Anhaia: Se você chegar em Morretes pela Estrada da Graciosa, passe o centro da cidade e continue pela estrada em direção à BR-277. Cruze o trilho do trem e depois de 500 m entre à direita na Estrada do Anhaia. Caso você esteja vindo da BR-277, terá que entrar à esquerda antes de passar pelos trilhos do trem. Quando estiver na Estrada do Anhaia, basta seguir até praticamente o fim dela.

2 Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *